Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O interior das rosas

Sábado, 05.01.08

Onde há para este interior

um exterior? Sobre que dor

se põe este linho?

Que céus se espelham

no seio do lago

destas rosas abertas,

descuidadas? Olha:

como jagem soltas,

como se não pudesse

mão tremente desfolhá-las.

Mal se podem suster

a si próprias: muitas deixaram-se

encher de mais, e trasbordaram

de espaço interior

para os dias, que cada vez

mais plenos se fecham,

até que todo o Verão se faz

uma sala, uma sala num sonho.

Rainer Maria Rilke

Autoria e outros dados (tags, etc)

tags:

publicado por dolce_vita às 01:19





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Janeiro 2008

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031